BLOG

O Nosso Processo de Gravação, Mistura & Masterização

O Nosso Processo de Gravação, Mistura & Masterização

Muitas vezes surgem dúvidas sobre o nosso método de trabalho e o porquê de demorarmos algum tempo para termos o produto final pronto! Aqui fica uma breve explicação do nosso método de trabalho quanto a gravações, edição áudio, misturas e masterização!

Gravação de Vozes e Instrumentos
Isto significa a gravação do princípio ao fim da música, ou então secção por secção. Poderá ser apenas uns “takes”, 20 ou mesmo mais (normalmente se estamos a fazer mais de 20 “takes”, dizemos ao vocalista ou músico para adiarmos a sessão e ir para casa, para praticar ou descansar e marcamos para uma próxima semana).
Tentamos sempre que todas as gravações sejam o mais próximo e correcto em termos de tom possível, de modo a evitar mecanismos externos de correcção de tom. Não deves esperar nada mais do que aquele esforço extra!

Edição Áudio
Isto significa a escolha das melhores secções de cada “take”. Mais uma vez, isto pode significar a confirmação de que aquele último “take” é o melhor, ou então percorrer a música, palavra-por-palavra e ouvir cada “take”, de forma a poder determinar o melhor.
Por vezes, nesta fase também temos de fazer os ajustes e correcções de tom (algumas vezes até de tempo) das vozes. Significa que vamos ter de aplicar alguma correcções automáticas em várias partes da música, ou então corrigir manualmente algumas palavras aqui e ali, ou cirurgicamente ajustar cada silaba e respiração em toda a música. Esta é a fase que nos consome mais tempo… e muito!

Misturar A Música
Isto significa ajustar o equilíbrio entre todos os instrumentos em toda a música. Se o instrumental for apenas uma pista estéreo já misturada, nesta fase a mistura torna-se mais rápida – basta tentar controlar o tom e dinâmica das vozes de forma a conseguirmos misturar com o instrumental. Contudo, se o instrumental não estive propriamente bem misturado, termos uma tarefa difícil para conseguirmos misturar as vozes com o instrumental – por vezes parece que as vozes não “colam” com o instrumental.
Se tiveres todos os instrumentos separados e em multi-pistas (uma pista para cada instrumento), conseguiremos que o equilíbrio entre o instrumental e as vozes sejam bem conseguido, mas como é óbvio sendo uma mistura completa, demorará mais tempo a conseguir ter a música finalizada.

Masterizar A Música
Isto significa que tomaremos medidas que a mistura (que soa muito bem em estúdio), soará também muito bem em qualquer outra parte. Vamos ajustar o volume geral da música, a dinâmica, o equilíbrio da tonalidade musical de forma a consigamos que a música fique comparável em termos de qualidade a outra músicas que encontras no mercado.

Esperamos assim, que este resumo do nosso método de trabalho clarifique algumas das dúvidas que tinhas quanto ao significa o principio de uma produção musical até termos um produto final.

YOU MAY ALSO LIKE:

Comments are closed.